hibrido ao pulso

DSC00122
Standard

sobre
o projeto híbrido ao pulso é uma instalação que utiliza uma gambiarra híbrida composta por organismos vivos de plantas e circuitos-sensores (wheatstone bridge) que capturam as reações dos organismos em diálogo com os movimentos locais. as reverberações desses diálogos são resignificadas numa paisagem sonora sensitiva e uma monitoração artificial dos acontecimentos locais com duas câmeras, onde os pulsos dos orgânismos influenciam no resultado do video, provocando novos sentidos que refletem o cotidiano dos indivíduos enquanto produtores de desequilíbrios e singularidades.

interação
a interação com a interface se dá na relação direta com a estrutura e o ambiente local, na respiração, no toque, no movimento, na alimentação dos organismos. um monitor apresenta imagens do cotidiano que são capturadas por duas câmeras. A movimentação ambiente impulsionam os organismos, criando ressonâncias entre os acontecimentos e os pulsos do sistema híbrido.
pesquisa
a gambiarra híbrida interage com sistemas orgânicos e artificiais, reverberando sensações através de pulsos sensoriais que possibilitam diálogos, em tempo-real, com o cotidiano e seus acontecimentos que desequilibram a rotina diária. a interface não apenas observa o dia-a-dia local mas interfere diretamente nele, provocando novas singularidades e sentidos a partir da relação entre organismos-máquinas-acontecimentos que promovem interações que revelam novas linguagens sinestésicas através dos movimentos do cotidiano urbano.

ensaios na cidade de São Carlos-SP, durante o 4 Festival Contato.

Territórios Recombinantes / SPA das Artes - Recife-PE

Oficina no Memorial Chico Science - Recife-PE

este projeto foi desenvolvido durante o territórios recombinantes, residência artística coletiva que aconteceu no Spa das Artes, em Recife.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>